domingo, 17 de janeiro de 2010

buraco negro.

Sabe quando você sente que todas as suas idéias e pensamentos foram embora.
Que o que você ve no espelho é apenas uma imagem pálida e sem graça ?
Quando nenhuma conversa consegue despertar em você o jeito que você tinha antes, quando a comida perde o gosto, as cores ficam cada vez mais cinza.
Quando você não quer mais comer, levantar, falar, pensar, beber, enfim viver.

Quando você entra em fase de bloqueio, onde nada mais faz sentido, onde nenhum problema seu é mais importante, onde nada será feito.

Eu não estou querendo nada,
não quero afeto, não quero carinho, nem atenção.
não quero amor, não quero conversa, não quero sorrisos.
não quero abraços, nem festas
sem cigarros, bebidas e amigos.

não quero mais nada, não quero acordar, não quero saber qual é o gosto da chuva
não quero saber o gosto do amor que eu esperei.
perdi a vontade de tudo.

pode ser desesperador pra alguns e esperado por outros.

eis aqui, desisto de mim, dos outros, de você.
desisto da chuva, do amor, da alegria.
enquanto não surgir alguem pra me tirar do buraco negro que eu me encontro.
porque não vai aparecer.

meu telefone não vai tocar, muito menos a camapainha.
a porta não vai abrir, o quarto continuará frio.
o diário ficará rabiscado e as páginas que estão em branco permanecerão assim.

se não se preocupou até hoje, não se preocupará mais.
se preocuparam consigo mesmos, continuem assim.
não quero a preocupação de vocês.
nem a pena, nem a compreensão nem nada assim.

aqui vai minha despedida.
meu adeus.
ou até meu até mais.

8 comentários:

  1. Seu blog foi divulgado em nossa pagina.
    por favor confira e QUANDO PUDER CLIQUE EM NOSSO BANNER GOOGLE E SIGA-NOS!

    http://divulgawebblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Já me senti mal assim, mas fique ranquila, passa!
    Obrigado por me seguir e pelos elogios.
    Sua escrita e ótima também, adorei.

    Ps: pra me seguir só entrando em www.blogspot.com e clicar em adicionar na lista de leitura ;D

    ResponderExcluir
  3. AMEI O BLOG, suas palavras nesse post fizeram todo o sentido para mim, de um jeito estranho - ou não, parece que você me descreveu. O pior é quando a saudade de algum tempo me toca. Fico assim, congelada, sem me mexer, apenas lamentando. É TRISTE. ENFIM, AMEI O BLOG, e nada de pessimismo, pelo menos não agora. AMEI, AMEI, vou seguir,ok? BEIJITOS MM.

    ResponderExcluir
  4. já me senti assim também :/
    as vezes é foda mais levante a cabeça gata voç tem tudo pela frente e linda e vamos lá !
    lindo o texto parabéns pelo blog !

    ResponderExcluir
  5. Olá Talita, vim retribuir a visita.Me parece triste seu relato. Bjks

    ResponderExcluir
  6. Legal o texto. Eu ja fiquei assim.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorei, super realista senti um arrepio em cada trecho.
    Adoro coisas assim.
    Obrigada pelos comentários e por seguir, estou seguindo você também!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Tirou as palavras da minha boca... estava me sentindo assim até pouco tempo, é meio que devastador, mas passa, graças a Deus que sempre passa!!!

    ResponderExcluir